Como Saber se Escolheu a Profissão Certa?

Acredite: a escolha da carreira não precisa ser para sempre. Se algo vai mal é necessário mudar

É comum em um determinado momento da vida, nos sentirmos desmotivados no nosso campo profissional e os motivos podem ser os mais variados possíveis.

Crises financeiras, problemas no ambiente de trabalho ou até mesmo insatisfação com as atividades realizadas, tudo contribui para que apareçam as incertezas e os questionamentos sobre ter escolhido a profissão correta.

Muitas vezes essas inquietações aparecem, pois os jovens são pressionados a escolher as profissões que desejam seguir, ainda sem ter certeza do que realmente quer.

Entretanto, antes de tomar qualquer decisão, é preciso saber se essa incerteza é passageira ou se você realmente está seguindo na profissão errada.

 

Questione-se

A primeira coisa a se fazer para identificar se você está no caminho certo, é questionar-se sobre alguns pontos primordiais que influenciam no seu trabalho.

Se só de pensar em sair de casa para trabalhar está lhe causando arrepios, isso pode ser um sinal de que algo não anda bem.

Executar suas tarefas quando está desmotivado e quase sempre estar sem disposição para se engajar em novos projetos, podem aumentar o nível de estresse do funcionário.

Mas muitas vezes isso pode estar atrelado às condições do ambiente de trabalho, ou seja, você não necessariamente está descontente com a profissão que escolheu, mas sim com a empresa.

Para ajudar a descobrir, o ideal é que se monte uma lista com as qualidades que tornariam o ambiente perfeito para você e depois realizar um comparativo com a realidade.

Se não estiverem compatíveis, talvez seja a hora de procurar uma nova oportunidade de trabalho.

Outro fator que pode contribuir para o descontentamento é a remuneração. Sentir que está sobrecarregado de tarefas e que o salário harmoniza com o seu desempenho, acaba colaborando com a situação.

Uma alternativa para resolver essa questão, é conversar com seu superior para reavaliação das ocupações para uma melhor distribuição ou solicitar um aumento considerável de salário.

Pesquise as opções

Caso nenhuma das alternativas acima resolva o seu problema e você ainda não se sentir encaixado na profissão, é hora de começar a pensar na mudança.

Engana-se quem afirma que o profissional deve escolher apenas uma carreira durante a vida. Existem infinitas possibilidades e você deve pesquisar para encontrar a que mais se identifica.

É preciso conhecer as áreas de interesse e o passo inicial para isso é a redescoberta. Nesta fase, você precisará saber identificar suas preferências, tais como: coisas que gosta de fazer, ambientes onde se sente mais confortável, entre outros fatores.

A internet pode ser uma ferramenta essencial nessa busca. Se tiver interesse em conhecer uma profissão, mas ainda não tem certeza, existem cursos disponíveis, onde você pode se aprofundar e descobrir se é aquilo que gosta.

Repensar a carreira pode não ser algo tão fácil, entretanto, existem alguns profissionais responsáveis por auxiliar neste processo.

Conhecidos como coaching, eles tem como objetivo trabalhar o desenvolvimento pessoal e profissional de cada indivíduo, visando alcançar os resultados e metas almejados.

Abrir o próprio negócio, assim como, pode ser uma saída para quem ainda não encontrou seu lugar no mundo corporativo. Grandes ideias podem surgir da insatisfação profissional.

 

Planeje o futuro

Em um determinado estágio da vida, é preciso planejar-se psicologicamente e financeiramente para encarar tais mudanças. Estabelecer metas e objetivos também ajuda a identificar aonde se quer chegar

Seja trocar de emprego ou decidir seguir outra carreira, devem-se analisar todas as implicações que isso lhe causará.

Adaptação, replanejamento financeiro, períodos de experiência, investimentos, tudo deve ser colocado na ponta do lápis para evitar possíveis dores de cabeça.

Investir em conhecimento tanto para a mudança de área, quanto para buscar novos ares é fundamental.

Vale ressaltar, que não existe uma idade certa para decidir mudar e redescobrir sua vocação profissional se você não está feliz com o que anda desempenhado.

Portanto, permita-se explorar novas possibilidades, pois não há nada melhor do que ganhar dinheiro fazendo o algo que te proporcione prazer.

%d blogueiros gostam disto: