[Conte uma história #13] Solução para o maior problema de saneamento do mundo

      Rose e seus quatro filhos faziam fila toda manhã para usar um banheiro pago na favela de Kibéria, em Nairóbi, no Quênia. Ela não os deixava usar a latrina perto de casa porque vivia transbordando de excrementos, e Rose temia que as crianças pequenas caíssem no enorme buraco. Acima de tudo, porém, preocupava-se com a saúde delas.

      Depois que começou a usar os banheiros higiênicos Peepoo em 2012, Rose não precisou mais se preocupar. O saco plástico descartável e biodegradável, que custa menos de três centavos de euro, contém uma bolsa de ureia do tamanho de um saquinho de chá que começa a agir assim que entra em contato com fezes e ruina e remove todos os patógenos – agentes causadores de doenças – antes que o saco seja coletado e utilizado como adubo.

      Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que 2,6 bilhões de pessoas no mundo não dispõem de uma única latrina, e dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância mostram que a cada 15 segundos uma criança morre de doenças ligadas à água não potável, à falta de saneamento e à má higiente.

Allison Diogo

Futuro Administrador e produtor de conteúdo para o Youtube e afins.

%d blogueiros gostam disto: