Cremes Antissinais funcionam? Mitos e Verdades

Respondemos todas as suas dúvidas sobre cremes rejuvenescedores para não errar na hora de comprar.

 

Durante a vida, a pele perde hidratação, sofre com a exposição solar e poluentes e é depois dos 20 anos que esses sinais do tempo começam a aparecer e incomodar. Que atire a primeira pedra quem nunca sonhou com uma pele lisinha, sem rugas e marcas de expressão.

Neste cenário os cremes antissinais são verdadeiros aliados, eles são compostos por vitaminas, agentes ativos e antioxidantes que devolvem a vitalidade da pele e acabam com o envelhecimento precoce. Mas será que creme rejuvenescedor é tudo igual?

Pensando nisso, consultamos especialista e preparamos uma lista com os principais mitos e verdades sobre cremes anti-idade para que você saiba o que considerar na hora de escolher um produto. Afinal, a pele é nosso cartão de visitas e merece todos os cuidados. Confira:

 

  • Existe um tipo de creme rejuvenescedor certo para cada idade?

 

Verdade. As necessidades da pele mudam de acordo com a idade, por isso não faria sentido usar o mesmo creme sempre. Para mulheres de 20 a 30 anos, os cremes são desenvolvidos para prevenir o envelhecimento da pele e evitar o aparecimento de linhas de expressão.

Os cremes preventivos devem ser ricos em extratos de algas e plantas com ação anti-inflamatória, antioxidantes, extratos de frutas, ômega 3 e vitaminas.

Depois dos 30, a ação do tempo fica mais evidente, começam a aparecer rugas ao redor dos olhos e da boca e as linhas ficam mais evidentes. Para essa idade, os cremes rejuvenescedores agem reparando os danos, estimulando a produção de colágeno e repondo vitaminas.

Nesta fase, as fórmulas são enriquecidas com ativos antiglicação, peptídeos e em alguns casos também é recomendado o uso de ácidos como o retinóico e o hialurônico. Depois dos 40, o antissinais deve conter mais vitaminas, ingredientes revitalizantes e despigmentantes, podendo conter ácidos graxos e extrato de soja.

 

  • Usar creme para outra faixa etária potencializa os efeitos?

 

Mito. Se você usar um rejuvenescedor para uma faixa etária maior que a sua os efeitos não serão potencializados. Na verdade, na melhor das hipóteses não vai acontecer nada, afinal, estará aplicando substâncias que sua pele não precisa.

Na pior, você pode desenvolver diversos tipos de reações como: cicatrizes, manchas e acne. Não vale a pena arriscar, né?

 

  • Os cremes anti sinais substituem o filtro solar?

 

Mito. Devemos usar filtro solar desde a infância, a exposição solar em excesso afeta a saúde da pele em qualquer idade. É necessário estar atenta a embalagem e composição de cada produto, pois na maioria das vezes é preciso associar o creme rejuvenescedor ao filtro solar.

Algumas marcas trazem na composição o protetor solar, como é o caso da Lumiere, proporcionando a vantagem de não precisar usar dois produtos ao mesmo tempo. A dica é ler a embalagem sempre antes de comprar.

 

  • Os rejuvenescedores são usados apenas no rosto?

 

Mito. A pele de todo o corpo precisa ser hidratada diariamente, mas o rosto não é a única parte do corpo que precisa de cremes antissinais. O pescoço e as mãos são partes que envelhecem tão ou mais rápido que o rosto e por isso também merecem cuidados especiais.

 

  • Os resultados podem demorar para aparecer?

 

Verdade. Os cremes anti-idade são uma mão na roda para combater o aspecto envelhecido da pele, porém, não é em um passe de mágica como gostaríamos. O organismo leva tempo para absorver as substâncias.

Como qualquer outro tipo de tratamento é necessário ter paciência e seguir todas as instruções do fabricante para ter o efeito desejado. Nada de desistir no meio do caminho, hein!

 

  • Tratamento para acne e cremes anti-idade não se misturam?

 

Verdade. São dois tratamentos e devem ser realizados separadamente, sendo necessário tratar primeiro a acne para depois investir em um bom creme rejuvenescedor. Esse tipo de creme é mais denso e oleoso, por isso anula o tratamento da acne se usado ao mesmo tempo.

Em casos mais leves de acne é possível fazer o tratamento pela manhã e usar o creme no período noturno. É importante consultar o seu dermatologista e seguir a recomendação dele.

 

  • Creme é tudo igual?

 

Mito. A resposta pode parecer um pouco óbvia, mas muitas mulheres observam apenas a parte da frente do rótulo e esquecem que o mais importante é a composição. Para usar durante o dia dê preferência para creme sem ácidos.

Creme Lumiere Epilê FPS15 é um bom exemplo, são ativos naturais que rejuvenescem, iluminam e clareiam a pele, com ação que combate o envelhecimento e ainda funciona como protetor solar.

Não conhece os ativos naturais poderosos? Vitamina C, óleo de rosa mosqueta e extrato de margaridas é a combinação perfeita para clarear a pele em pouco tempo de uso.

 

  • Cremes noturnos são mais poderosos?

 

Depende. Geralmente, os produtos diurnos e noturnos têm propostas e objetivos diferentes. Os noturnos podem ser considerados mais fortes pela possibilidade de conter ácidos que não podem ser expostos ao sol. Isso não quer dizer que um é melhor que o outro.

Para o tratamento completo é recomendado usar um creme durante o dia, com protetor solar, ativos que combatem os danos causados pela poluição e perda de hidratação e outro para ser aplicado antes de dormir.

 

  • Quanto mais creme usar, melhor o resultado?

 

Mito. O organismo absorve o creme até certo ponto, então a quantidade não interfere nos resultados. O importante é a concentração dos ativos, ou seja, a qualidade do produto usado. Excesso de creme pode levar a acne e outros tipos de irritação.

Comece aplicando uma camada fina dos antissinais na testa e no nariz. Depois, faça movimentos leves e circulares espalhando para as laterais. Essa massagem é fundamental para a absorção.

O uso de cremes antissinais faz toda a diferença, mantém a pele bonita e saudável. É essencial usar um produto de qualidade e que esteja de acordo com a sua idade. Vale lembrar que uma alimentação saudável e beber bastante água também é importante para cuidar da pele.

Ficou com alguma dúvida sobre como usar? Deixe o seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: