Qual a diferença entre sistemas de cloud: rede privada, rede pública e rede híbrida

Saiba reconhecer as características de cada uma delas e entenda qual delas é a melhor opção para você

 

Buscar a melhor alternativa em termos de sistema de cloud é uma tarefa que requer muito planejamento e a resposta sobre qual é a melhor opção varia de companhia para companhia. 

Outro item de fundamental importância é a questão da segurança. Nem sempre a opção com maior custo é aquela que vai proporcionar a maior proteção dos dados de forma direta.  Mas você sabe dizer quais são as diferenças, as vantagens e as desvantagens das redes públicas, privadas e híbridas? 

Redes públicas

As redes públicas são as mais indicadas para empresas de pequeno porte, como micro e pequenas empresas, além de startups. A principal vantagem delas em relação às demais é o baixo custo. 

A alocação dos dados é feita em servidores externos e a comunicação se dá por meio de sistemas de cloud para armazenamento em nuvem.

 

Entretanto, mesmo com essa característica não há riscos de segurança para os dados da sua empresa.

Redes privadas

A partir do momento que o volume de dados a serem trabalhados aumenta, as redes públicas deixam de ser a melhor opção e dão lugar às chamadas redes privadas. Elas requerem um pouco mais de investimento para implantação, mas proporcionam um tempo de resposta muito mais ágil. O foco principal é claro: o suporte a um grande volume de demandas.

Em termos de segurança, também estamos falando de um nível mais alto de proteção das informações. Em outras palavras, é como se você tivesse uma verdadeira fortaleza dentro da sua empresa.

Redes híbridas

E que tal se você pudesse unir o melhor dos dois mundos? Isso é possível por meio das chamadas redes híbridas.

Em outras palavras, você pode armazenar localmente em sua própria rede dados mais sigilosos e por meio do armazenamento em nuvem usar os sistemas de cloud computing para fazer com que as informações dialoguem.

Cautela e proteção

Em termos de segurança é preciso redobrar a atenção no caso das redes híbridas.  Por conta disso, as empresas que implantarem esse tipo de serviço devem ser amplamente qualificadas e garantir para o seu cliente um alto grau de cautela.

A melhor escolha: depende

É importante discutir com o seu setor de TI quais são os planos de expansão de médio e longo prazo e, a partir disso, buscar as opções que se mostrem mais adequadas, tanto em termos técnicos quanto financeiros. Em caso de dúvida, não deixe de solicitar o suporte de uma empresa especializada antes de tomar a sua decisão.

 

%d blogueiros gostam disto: