Ginecomastia – O que é e como afeta os jovens?

Ginecomastia em adolescentes, assim como em homens adultos, pode ser embaraçoso, mas é normal. Na verdade, as estatísticas mostram que mais de 50% dos meninos e adolescentes púberes são afetados por essa condição. Mamas masculinas, como é conhecido coloquialmente, geralmente se manifesta na puberdade por isso, em alguns casos, o inchaço do peito pode aparecer em meninos tão jovens, com idade entre 10 e 14 anos de idade.

Mas como a ginecomastia afeta os jovens? Veja:

O que é ginecomastia?

Ginecomastia é uma condição comum em homens e rapazes. As mamas incham e se tornam anormalmente grandes. Todos os homens e mulheres têm glândulas mamárias, mas não são visíveis nos homens, porque eles tendem a ser pequenos e subdesenvolvidos.

Aumento da glândula mamária em homens pode afetar recém-nascidos, meninos durante a puberdade e homens mais velhos.

Ginecomastia não significa que alguém tem gordura extra graças ao excesso de peso, pois pode ser causada também por tecido mamário adicional. Neste caso, fazer exercícios ou perder peso não irá reduzir o tecido mamário da ginecomastia, somente a cirurgia é a solução em casos assim.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais óbvios são peitos alargados. Não existem especificidades envolvidas, tanto quanto o tamanho, mas você vai notar que suas mamas não são plainas e eles incham de forma semelhante à de uma mulher. 

Além do tamanho, os meninos vão notar que suas mamas têm uma sensação de borracha, e também poderia haver uma espécie de “botão” no peito em um ou ambos os seios. Estes botões são geralmente do tamanho de uma moeda e aparecem durante a puberdade. Não há necessidade de se preocupar com isso, pois não costuma ser algo permanente e desaparece com o tempo, porém, pode ficar e até se agravar, tornando-se efetivamente ginecomastia de grau 1, 2 ou 3.

Causas da ginecomastia puberal

Os adolescentes com mamas não são incomuns como anotado acima, e há uma explicação científica para ele. Ginecomastia é um sinal das mudanças físicas que ocorrem no corpo masculino durante a puberdade. Existem muitas razões possíveis para a ginecomastia em jovens, mas quando se trata de adolescentes, é quase sempre devido a alterações hormonais resultando em mudanças físicas.

Para entender melhor isso, entenda que a ampliação do peito masculino começa quando você é um bebê. Este é considerado como nível um do desenvolvimento do peito masculino, enquanto o segundo nível ocorre durante o estágio de puberdade. Após a puberdade, há um declínio natural e as mamas masculinas devem voltar ao seu estado normal.

O termo ginecomastia puberal só se aplica quando as condições se manifestam durante o estágio da puberdade, é claro.

No caso de recém-nascidos, o estrogênio (um dos principais responsáveis pelo crescimento anormal das mamas masculinas, desenvolvendo a ginecomastia) é derivado da mãe, portanto, não é incomum ver mamas, mesmo em jovens. Em alguns meninos pré-adolescentes, a ginecomastia pode ser causada por um tumor que produz estrogênio, embora seja raro. 

Porque os sintomas são tão óbvios, geralmente não há necessidade de um diagnóstico, mas se testes sejam necessários, vai incluir um exame médico e uma verificação de seus registros médicos e medicamentos que você tem tomado.     

Quando um peito inchado está duro ou macio demais, o médico pode recomendar uma biópsia para determinar se há possibilidade de câncer de mama, algo muito raro.

O tratamento é necessário?

Como é muito desconfortável, ginecomastia em jovens pode, às vezes, requerer tratamento médico, em vários outros, não, graças ao fato de que puberdade em si é o responsável pelo aumento das mamas e, quando essa fase acaba, tudo volta ao normal. Isso se explica porque, durante a puberdade há maior interação entre os estrogênios (hormônios femininos) e andrógenos (hormônios masculinos).

Mas se suas mamas continuam a inchar, então isso é ginecomastia real e não apenas a condição associada com a puberdade, por isso requer tratamento, que pode ser feito de duas maneiras: tratamento medicamentoso ou tratamento cirúrgico.

Somente um médico especialista pode determinar, tanto se é ginecomastia mesmo ou só uma fase da mocidade, e qual dos tipos de tratamento resolverá a questão da ginecomastia entre os jovens.