Vale a pena jogar Hellblade?

Hoje entramos no subconsciente de Senua para explorar um pouco do universo de Hellblade, novo jogo da Ninja Theory.

Anunciado em 2014, com a premissa de ser o primeiro jogo de médio porte, ou seja, que passeia entre o indie e o triplo A, sua desenvolvedora teve a ideia de produzí-lo com uma equipe de somente 20 pessoas e um orçamento mediano, fazendo assim, um jogo que obtivesse a qualidade de um blockbuster, mas com uma duração reduzida e mecânicas mais simples.

Hellblade: Senua’s Sacrifice, teve um longo prazo de produção, passando por um adiamento em 2016, mas que agora finalmente, no momento que você assiste esse News, ele já está disponível para venda na PSN para o PS4, e também na Steam caso sua plataforma seja o PC.

Sobre sua história, explicando resumidamente, Senua é uma guerreira Celta, que após sua vila ser atacada por vikings, perder pessoas importantes que faziam parte de sua vida, ela mergulha em seu próprio inferno, desencadeando surtos psicóticos com várias vozes em sua cabeça e indo atrás daqueles que ela acredita serem responsáveis por sua loucura.

Para isso, o jogo teve a colaboração de neuroscientistas e pessoas que já sofreram com experiências de psicose para que pudessem auxiliar e aumentar ainda mais a imersão do conteúdo oferecido pela Ninja Theory.

 

 

Então não fique aí esperando! Ouça essas vozes dentro da sua cabeça te dizendo para jogar, e já se prepare para entrar em Helheim, o inferno dos vikings, o mundo dos mortos, mas também , quem sabe uma missão de auto-descobrimento para Senua…

Acompanhe nossas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/CanalPressStartToPlay
Twitter: https://www.twitter.com/pstpbr
Instagram: http://www.instagram.com/pstp_br
Pinterest: https://br.pinterest.com/pstpbr/

Allison Diogo

Futuro Administrador e produtor de conteúdo para o Youtube e afins.

%d blogueiros gostam disto: